Mensagens de erro do CISIS

De Wiki REDDES


Principais mensagens de Erros, retornados pelo wxis

Códigos de retorno

0-successful
1-Data Entry Lock denied
2-Record Lock denied
3-Record Update denied
4-Record not locked
5-Lock id does not match
6-Inverted Update denied
7-Lock expire time not reached


WXIS|compiled error|undefined message|4/6| Acessando base de dados. O erro "compiled error|undefined message|4/6" não dá maiores informações por ter ocorrido em um script compilado, que elimina as mensagens de erro. Assim diversas podem ser as causas, por exemplo: 1 - Não encontrou o script da chamada (causa mais comum) 2 - Se possível deve-se executar o script não compilado para verificar seu correto funcionamento. Tente colocar cgi-bin (ou scripts, ou cgi-local) depois do IsisScript e assim por diante ou troque na caixa de endereço do navegador a extensão do nome do script de xic para xis (caso o script esteja disponível, e a chamada ao script esteja "aberta" na barra de navegação).

WXIS|execution error|field Efetuando busca em base de dados. Provavelmente a base de dados contém algumas "sujeiras". Por exemplo: campos sem conteúdo; caracteres de controle; espaços no final (ou início) dos campos.

1) Faça uma cópia de segurança da base de dados;
2) Execute o utilitário MXCP para criar uma nova base de dados sem os erros.
3) Substitua a base antiga pela nova.
4) Gere o invertido para a nova base;

WXIS|execution error|file|tmpnam| Efetuando busca em base de dados. Direitos de acesso não permitem gravação no diretório CGI. Normalmente, por segurança, não se permite escrita no diretório de execução do CGI. Assim utilizar CI_TEMPDIR no cipar do script. Por exemplo:

CI_TEMPDIR=c:\windows\temp, ou CI_TEMPDIR=/tmp

WXIS|execution error|search|temporary file Falta de direito de acesso para escrita. Alterar os direitos de forma a permitir escrita na pasta do CGI, ou adicionar no cipar do script a declaração CI_TEMPDIR=path_pasta_temp.

WXIS|execution error|format syntax|@FMT.PFT| Não pode executar o arquivo de formato FMT.PFT. Verificar caminho e existência do arquivo de formato, inclusive caixa para sistemas *nix

WXIS|fatal error|unavoidable|flupdat/Typemfr Acessando base de dados. Existência de caracteres não permitidos (p. ex, caracteres de controle) na base de dados. Executar MXCP com cláusula CLEAN na base de dados.

1) efetuar uma cópia de segurança da base de dados;
2) executar o comando mxcp base_in create=base_out clean log=base;
3) copiar base_out sobre base_in: copy base_out.* base_in.*

WXIS|fatal error|unavoidable |mstsetup allomaxv Ao inverter base de dados. Problema em versões anteriores do WXIS 4.0 release 26 de Setembro 2000. Baixar e instalar versão 4.0 acima do release de 26 de setembro.

WXIS|fatal error|unavoidable|b5_run/offset| Efetuando busca em base de dados. Problemas com o invertido, por exemplo, quando este aponta para mfn não existentes na base de dados. Gerar novamente ou substituir o invertido da base de dados. Ocorrência comum quando o arquivo mestre perde o sincronismo com o arquivo invertido da base de dados, por exemplo, ao ser atualizado sem realizar "update" do invertido.

WXIS|fatal error|unavoidable|b63_run/write/6 Efetuando busca em base de dados. A busca não conseguiu gravar o arquivo temporário, provavelmente por falta de direitos de acesso. Utilizar CI_TEMPDIR no cipar. Por exemplo: CI_TEMPDIR=c:\windows\temp. Deletar os arquivos temporários. Verificar os direitos de acesso à pasta de arquivos temporários para o usuário.

WXIS|fatal error|unavoidable|cntread/read/cnt| Efetuando busca em base de dados. É provavel que a base de dados esteja em formato de outra plataforma. Por exemplo, em um sistema Linux tentar ler base de sistema Windows. Trocar os arquivos da base de dados e invertido para os do sistema operacional da plataforma. Para efetuar essa troca há dois caminhos principais:

1-Exportação ISO-2709 da plataforma original, com importação e geração de invertido na plataforma final
2-Emprego dos aplicativos CRUNCHMF (master file) e CRUNCHIF (inverted file) que fazem a geração dos arquivos da plataforma final na original (cross-generation). Erro semelhante a: WXIS|fatalerror|unavoidable|recread/check/base|

WXIS|fatal error|unavoidable|msopn/w| Tentando escrever em base de dados. O sistema operacional bloqueou o arquivo mestre (MST), ou ao menos o deixou indisponivel para escrita. Copiar os arquivos MST e XRF (cópia de trabalho) e rodar o MKXRF na cópia. Se tudo ok, copiar sobre o original. O último termo da mensagem significa MaSter OPeN para Write.

WXIS|fatal error|unavoidable|recisis0/xrf Tentando escrever em base de dados. Não consegue gravar ou criar arquivo. Direitos de acesso do diretório não permite escrita ou não existe o arquivo (no caso da gravação). Mudar direitos de acesso de forma a permitir escrita. Verificar se existe o arquivo para ser gravado.

WXIS|fatal error|unavoidable|recread/check/base| Acessando base de dados para leitura. Ler bases e invertidos de plataformas diferentes. Exportar os dados via ISO-2709 e regerar invertido, ou efetuar CRUNCH?F para a base de dados Erro semelhante a: WXIS|fatal|error|unavoidable|cntread/read/cnt|

WXIS|fatal error|unavoidable|recread/xropn/w| Falta de direitos de acesso para escrita. Verificar e ajustar os direitos de acesso de escrita de forma a permitir a escrita no diretório e arquivos da base de dados. O último termo da mensagem significa XRf OPeN para Write. outra possibilidade é: ajustar permissões para R & W para os diretórios "bases" e "htdocs" e R & W & X para "cgi-bin".

WXIS|fatal error|unavoidable|cifm1/select/endselect| Ao exibir um registro. Formato com erros na sintaxe do SELECT ... CASE ... ELSECASE ... ENDSEL. Revisar e corrigir o formato.

WXIS|fatal error|unavoidable|CIIFL/invalid link record/key| Gerando o arquivo invertido com o wxis1660. Não completa a geração do invertido e bloqueia base de dados. Campo de dado com sequencia contínua de mais de 60 caracteres. Editar registro e corrigir o elemento de dado no campo.

WXIS|fatal error|unavoidable|recupdat/crec/nxtmfp/MSBSIZ| A coluna NXTMFP do registro de controle do arquivo master está indicando um número maior que 500. No registro de controle, NXTMFP indica a primeira posição livre dentro do último bloco atribuído no arquivo master. Os blocos são de 512 bytes, sendo que um registro pode começar em qualquer posição livre entre 0-498 e estender-se por um ou mais blocos. Nenhum registro pode começar entre o byte 500 e 510.

Existem duas formas para resolver esse problema:

  • Criar um arquivo ISO a partir da base que apresenta esse erro. Após isso, criar e inverter a base novamente
  • Utilizar o aplicativo MXCP aplicando a propriedade clean para corrigir o posicionamento do bloco. Reinverter a base após esse procedimento

WXIS|fatal error|unavoidable|recwrite/check/even| Esse erro ocorre ao utilizar o MKXRF após o CTLMFN quando a coluna NXTMFP do registro de controle da base aponta um número maior que 500. O procedimento utilizado para solucionar esse problema é o mesmo que foi descrito no erro WXIS|fatal error|unavoidable|recupdat/crec/nxtmfp/MSBSIZ|

cntwrit/cnopn/w Tentando gravar no arquivo invertido, porém não tem os direitos de acesso necessários. Verificar e alterar os direitos de acesso de escrita no diretório e arquivos do invertido. Por exemplo, em DOS utilizar o comento attrib: attrib -r *.* O último termo da mensagem indica CNt OPeN para Write Em sistemas Unix / Linux utilizar o comando chmod como devido.

fatal: iso_loadbuff/kj Erro normalmente relacionado com a falta do delimitador de linha (nos ISO em geral no último registro). Se com o uso do hexdump (hexdump -C <nomeiso>) for confirmada a falta do delimitador de linha (em DOS CR+LF, em Linux LF e em MacOS CR) no final do arquivo, basta incluir o delimitador no fim do arquivo, como a seguir, por exemplo:

echo > dummylf                           # Cria um arquivo só com o delimitador de linha
cat <nomeiso> dummylf > resultado.iso    # Embute o delimitador em um novo arquivo com o conteúdo original

fatal: msrt/loadxrf/overflow A base está mal construída, ao menos no senso estrito do CISIS, em particular para o programa MSRT. Mais especificamente o arquivo XRF tem mais blocos que o devido. Reconstruir a base de dados com o comando:

  mx base_in create=base_out -all now

Por exemplo, BASE_IN com 846 registros e 17.408 bytes no XRF durante a execução do MSRT leva a um overflow na área de memória do xrf dentro do programa, pois, os 846 registros precisam de 7 blocos de xrf (3584 bytes), que são alocados pelo programa. Mas, ao carregar os 17.408 bytes de BASE_IN (seriam 34 blocos) resulta em overflow. No arquivo XRF cada bloco (512 bytes) aponta para 127 registros.

fatal: mxtb/maxhash/overflow O MXTB não dispõe de memória suficiente para sua execução. Utilize o paramento "class=n" para alocar mais memória. Caso resulte em erro de alocação (/alloc) diminua o valor n

fatal: posting/ifpnxtby Arquivo invertido com problema. Gerar o arquivo invertido novamente.

fatal: dbxopen:dbn(1) O sistema operacional (MS-DOS) retornou o erro código 1: invalid function number. É provável que não exista buffer ou files suficiente para abrir a base de dados

fatal: dbxopen:dbn(2) O sistema operacional (MS-DOS) retorna erro código 2: File not found. Verificar localização da base de dados, ou gerar de novo essa base

fatal: dbxopen:dbn(4) O sistema operacional (MS-DOS) retornou o erro código 4: Too many open files Aumentar no CONFIG.SYS o número de files e de buffers para 90 ou mais (requer reiniciação do sistema). Uma base de dados sendo lida representa 2 arquivos abertos. Cada índice sendo acessado implica em até 6 arquivos abertos, assim, pode-se, facilmente, ultrapassar o número máximo de arquivos abertos pelo sistema operacional.

fatal: dbxopen:dbn(65) O sistema operacional (MS-DOS) retornou o erro código 65: Access denied. Verificar (e corrigir) as permissões do arquivo. Attrib para o DOS, ou em ambiente de rede verificar os direitos de acesso

fatal: dbxopen:dbn(68) Em MS-DOS, ou prompt de comando do Windows, abrir base de dados. O sistema operacional (MS-DOS) retornou o erro código 68: Network name limited exceed. O tamanho da área de armazenamento de nomes da rede dever ser aumentado. Isto é feito aumentado o valor de FILES no arquivo CONFIG.SYS(requer reiniciação do sistema)

fatal: dirread/check/mfrl Foi lido um diretório, feito um check no registro, e ocorreu problema por falta consistência entre MST e XRF. Determinar o registro com problema e deletá-lo

fatal: ifload/CIIFL/keys not sorted Ao inverter base de dados. A partir do Linux 6.2 é necessário ajustar a variável de sistema LC_ALL, como mostrado: export LC_ALL=POSIX, pois esta versão Linux mudou o default. Setar a variável de sistema: LC_ALL=POSIX. Linux Red Hat 6.2 ou superior (verificar versão do kernel).

fatal: mstsetup/allomxv/.xrf Base de dados maior que o limite de capacidade do programa MSRT. Utilizar uma versão atualizada do aplicativo. Utilizando o MSRT existe um tamanho máximo de ordenação

fatal: recread/check/nvf Number of directory entries (variables fields). Criar uma nova base sem os registros danificados, ou tentar passar o utilitario MKXRF (é possível a perda dos registros com problema). O XRF indica que o registro esta localizado num endereco do MST, porém esse endereço é inconsistente.

fatal: recwrite/deleted Esta gravando registro deletado e causa uma inconsistência do invertido com o master. Gerar o arquivo invertido novamente.

fatal: iso_getval Problema comum quando é feita uma transferência de UNIX para DOS ou vice-versa de um arquivo ISO em modo binário. Refazer a transferência FTP em modo ASCII Como opção, utilizar: mx seq=dbn.iso lw=99999 pft=v1/ now >dbn1.iso. Em sistemas *nix empregar o comando dos2unix, ou um tr -d "\015".

fatal: recread/check/base Registro danificado - offset to data segment. Criar uma nova base sem os registros danificados, ou tentar passar o utilitario MKXRF (é possível que perca os registros com problema). O XRF indica que o registro esta localizado num endereco do MST, porém esse endereço é inconsistente.

fatal: recread/check/mfrl Problema no tamanho do registro. Criar uma nova base sem os registros danificados, ou tentar passar o utilitario MKXRF (é possível que perca os registros com problema). O XRF indica que o registro esta localizado num endereco do MST, porém esse endereço é inconsistente.

fatal: recread/read Não consegue ler registro de base de dados. Criar uma nova base sem os registros danificados.

gizmread/GIZMTAG1/nocc Base de dados gizmo sem campo 1. Inserir campo 1 na base de dados gizmo.

loadfile/overflow Erro ao executar um arquivo de formato (PFT), provavelmente por ser muito grande. Aumentar o valor de FMTL. Por exemplo: mx base_in join=base_j,260=v480 fmtl=20000 lw=9000 pft=@format.pft create=base_out -all now tell=2000.

rec write/xropn/w Não é possível a gravação de informação na base. Verificar e ajustar os direitos de acesso.

recalloc/allomaxv/rechsize+nbyte No mx, pode ser devido à digitação com caracteres UPPER CASE. No WWWIsis versão 3, deve ser verificada a restrição com relação ao tamanho da base, verificar versão do WWWIsis.

recwmast/write/rec Pode ser que o arquivo mestre ultrapasse o limite de tamanho de 512 Mbytes. Gerar uma base de dados com o parâmetro mstxl igual a 4, posteriomente efetuar appends à base. Para gerar a base como indicado efetuar:

1) echo mstxl=4 > xpar.par;
2) mx cipar=xpar.par create=base count=0
3) adicionar registros à base

Para fazer o create adicionando registros diretamente, utilize o cipar na operação.

recwrite/mfblink O sistema não consegue gravar no arquivo mestre devido a falta de integridade entre o MST e o XRF. A solução é criar um outro master utilizando o MX.

refcgets/buffup Arquivo seqüencial com linha muito longa. Utilizar uma versão mais recente do aplicativo MX.

rejected link 66/440/1/1/ Geração ou atualização do arquivo invertido. Na geração e na atualização do arquivo invertido é detectado um termo não válido que não pode ser gravado no invertido (termo em branco, abaixo do ascii 33, etc). Verificar no registro quais são os caracteres não válidos e apaga-los ou modificá-los. Pode ser utilizado por exemplo o MXCP com a cláusula CLEAN para eliminar caracteres não válidos. Chave de decodificação: mfn/campo/ocorrência/cnt - 66/440/11/1.

writbsiz/write Falta de espaço em disco ou, dependendo da função, algum arquivo ultrapassou o limite de 2 G bytes. Liberar espaço em disco se for o caso, ou "dividir" a base de dados em duas ou mais. O uso da proc R é uma possibilidade para a situação de base de dados muito grande

recxref/comp+MSNVSPLT Na execução da criação de uma base aparece a mensagem recxref/comp+MSNVSPLT. Isto quer dizer que não há espaço em memória para realizar a criação da base. Deve-se aumentar essa capacidade utilizando o CIPAR.

Problema:

...
...
...
^rND^sEPSTEIN^nLee
+++ 7006349
^rND^sFALLETI^nTulia G.

fatal: recxref/comp+MSNVSPLT

Para resolver o problema acima utilizou-se

 echo "mstxl=64G" > mdlxl.par
 CIPAR=mdlxl.par
 export CIPAR
Herramientas personales